Escolas podem cortar aulas para apenas TRÊS DIAS por semana para pagar contas crescentes

AS ESCOLAS estão considerando reduzir as aulas para apenas TRÊS dias por semana, pois o aumento dos salários dos professores e as contas de energia monstruosas corroem os orçamentos.

Professores chefes, curadores e governadores têm mantido sobre “reuniões de crise” debater ideias para manter as escolas’ finanças no preto vêm setembro.

As crianças podem enfrentar três dias por semana para que suas escolas possam manter suas portas abertas diante dos preços crescentes

As crianças podem enfrentar três dias por semana para que suas escolas possam manter suas portas abertas diante dos preços crescentesCrédito: Getty
Southend High School para meninos terá um aumento enorme de £ 200.000 em contas de serviços públicos em setembro

Southend High School para meninos terá um aumento enorme de £ 200.000 em contas de serviços públicos em setembroCrédito: Google Maps

Em meio às contas de energia subindo por um enorme 300 por cento e aumento do salário dos professores, escolas estão considerando todas as opções para economizar dinheiro.

Marc Jordan, CEO da Creative Education Trust, que tem 17 escolas em Midlands e East Anglia, contado O telégrafo ele percebeu que algumas escolas estão discutindo uma “semana de três dias” para economizar custos.

Enquanto isso Dr Robin Bevan, diretor da melhor escola secundária Southend High School for Boys em Essex, disse semanas de quatro dias “certamente será considerado” por outros.

Ele acrescentou como as semanas cortadas se tornarão um “perspectiva realista mais cedo ou mais tarde” graças ao subfinanciamento drástico de escolas que não acompanharam a inflação crescente.

Dias escolares mais curtos e menos clubes após a escola provavelmente se tornarão uma visão comum nas escolas também, outro CEO da Academy Trust alertou.

E isso provavelmente virá ao lado de restrições draconianas ao uso de energia nas escolas na Grã-Bretanha, à medida que o país enfrenta a crise dos preços da energia.

Falando sobre sua própria escola, Bevan revelou que os custos de serviços públicos aumentaram surpreendentes £ 200.000.

O aumento dos salários dos professores adicionará £ 70.000 a mais do que a escola de Essex havia orçado para, enquanto mais £ 40.000 precisarão ser encontrados para a equipe de suporte.

Isso ocorre quando o financiamento por aluno na Inglaterra caiu nove por cento entre 2010 e 2020 em termos reais.

Apesar disso, o governo prometeu um extra de £ 7 bilhões para orçamentos escolares na Inglaterra por 2024.

O Sun Online entrou em contato com o Departamento de Educação para comentar.

As revelações chocantes ocorrem quando os pais estão lutando para desembolsar um novo uniforme e voltar ao kit escolar para seus filhos em meio ao aumento do custo de vida..

Mas uma nova pesquisa descobriu a melhores dias para pegar o essencial pelo preço mais barato.

E comprar no momento certo pode economizar quase £ 200, de acordo com dados do Idealo compartilhados exclusivamente com o The Sun.

Quem quiser pegar mochilas escolares deve apontar para agosto 26 para as melhores pechinchas.

enquanto isso comprimidos estão no seu mais barato em setembro 8, custa £ 370,78, na média -25 por cento mais barato do que em janeiro, quando’ média £ 434,94.

Estima-se que as canetas e lápis estejam no seu preço mais barato em setembro 12 por £ 9,92 enquanto esporte os amantes devem pegar suas chuteiras em setembro 4 como eles estão previstos para custar £ 62,60.